CHUVA COPIOSA

Ano 1603 – Ilha de Chio (Turquia)

Em 1603, a ilha de Chio estava ameaçada por uma grande miséria, porque a falta de chuva havia esterilizado por completo os campos. A situação era tão desesperadora que os próprios turcos maometanos suplicaram aos cristãos que fizessem uma procissão com o Santíssimo Sacramento para obter o favor de Deus.

O cortejo foi prontamente organizado, e os muçulmanos quiseram que suas tropas fizessem escolta ao Deus da eucaristia. Este ato público de fé e confiança em Deus não ficou sem recompensa, pois mal a procissão começou a desfilar pelas ruas, densa nuvens se acumularam no céu e em poucos minutos desabou uma copiosíssima chuva, precisando os concorrentes de refugiar precipitadamente na igreja. A chuva benfeitora durou três dias, devolvendo à terra sua fertilidade, e com ela a esperança de uma abundante colheita.

O milagre foi tão evidente que um numero de maometanos se converteu à Fé de Cristo, e o governador da ilha se sentiu na obrigação de favorecer os católicos, outorgando-lhes extraordinários privilégios e franquias.

(Pe. Silv.Petrasancta S.J., Thanmasia verae religionis contra perfidiam sectarum, t.3,p.74)

1 comentários:

Grupo de Perseverança PCV disse...

Que linda história de fé, um testemunho da manifestação divina em favor de quem acredita e pede Seu auxílio, com amor!
Parabéns e grande abraço a todos!!!

Postar um comentário